Aumento do número de jovens com dificuldades auditivas

jovem-com-dificuldades-auditivas
Muitos de nós associa as dificuldades auditivas a adultos mais velhos e, de facto, o risco de desenvolver problemas relacionados com a audição aumenta à medida que envelhecemos. A maioria dos jovens tem a noção equivocada de que nunca terá dificuldades auditivas. Infelizmente, os problemas auditivos em adultos jovens é muito mais prevalente do que muitos supõem e podem desenvolver-se por vários motivos.
Há uma preocupação crescente com as dificuldades auditivas em adultos jovens devido ao aumento da exposição diária ao ruído, em níveis perigosos. De acordo com pesquisas, mais de 90% dos estudantes universitários usam dispositivos pessoais de música, e quase metade desses alunos ouve música num volume que excede os padrões de segurança para exposição a ruído ocupacional.

Principais causas das dificuldades auditivas nos jovens:

A exposição a sons de alta intensidade é a principal causa das dificuldades auditivas em adultos jovens. E, nesse caso, os auriculares são apontados como os principais vilões. Isso porque, além do som muito alto, o uso ocorre com muita frequência, agravando o problema muito rapidamente.

A orientação é baixar o volume ou usar protetores auditivos que filtram o ruído, protegendo os ouvidos de lesões permanentes e, muitas vezes, irreversíveis.

A Organização Mundial da Saúde observa que 60% da perda auditiva infantil ocorre por causas evitáveis. Cerca de 1,1 mil milhões de jovens com idades entre os 12 e 35 anos correm risco de sofrer dificuldades auditivas devido à exposição a ruídos dos telefones, em ambientes recreativos, em espetáculos, passatempos como caça e música, exposição à poluição sonora e também ao ruído do local de trabalho.

Pessoas com problemas auditivos induzidos por ruído têm dificuldade em ouvir sons agudos corretamente. Costumam conseguir ouvir vozes normalmente, mas têm dificuldade em articular o que a outra pessoa acabou de dizer. O problema é mais prevalente em espaços barulhentos com muitos ruídos de fundo concorrentes.

Outros fatores de risco incluem diabetes, hipertensão, exposição a medicamentos ototóxicos, infeções virais ou bacterianas e genética.

Se não houver tratamento adequado, estas condições podem causar problemas auditivos e complicações decorrentes.
jovens-em-concerto

Como as dificuldades auditivas induzidas por ruído costumam ser graduais, os jovens adultos com esse problema podem não se aperceber do problema durante vários anos.

Recomenda-se o controlo de ruído, a escuta segura e a vigilância de medicamentos ototóxicos, juntamente com uma boa higiene do ouvido, para ajudar a manter uma boa audição e a reduzir o potencial de dificuldade auditiva.

A identificação é o primeiro passo para lidar com dificuldades auditivas e doenças auditivas relacionadas. Muitos dos impactos das dificuldades auditivas podem ser mitigados por meio de deteção e intervenções precoces. Tecnologias como aparelhos auditivos e outros dispositivos podem ajudar pessoas com problemas auditivos em qualquer idade.
Fontes: https://www.who.int/health-topics/hearing-loss
Especialista de Avaliação AudiçãoActiva

Marque uma avaliação e experimente grátis um aparelho auditivo!

Envie o seu número de telefone que nós ligamos gratuitamente

*

* Campos de preenchimento obrigatório

Gostou deste Artigo? Partilhe através da sua plataforma favorita:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email

Veja Ainda:

Preencha o formulário para ser contactado pela nossa equipa:

*

* Campos de preenchimento obrigatório

Escolha a AudiçãoActiva, escolha ouvir melhor!
Ainda tem dúvidas? Fale connosco:
Especialista de Avaliação AudiçãoActiva