E fez-se silêncio!

Iniciativa de Sensibilização sobre A Importância da Audição


Um Minuto de Silêncio
é uma iniciativa que anda a despertar emoções pelas ruas de Portugal.

O Inácio, um boneco animado, anda de norte a sul do país a ‘convidar’ as pessoas que se cruzam com ele a partilharem Um Minuto de Silêncio. Andamos todos tão ocupados no dia a dia que, muitas vezes, nem conseguimos parar um minuto, quanto mais, estar um minuto em silêncio.

Esta é a proposta do Inácio, pedir-lhe apenas Um minuto, Um minuto para experimentar o silêncio, explorar as emoções e sentimentos associados a experiência de parar e sentir, olhar para uma figura animada, que quiçá o fará emocionar-se.

Trata-se de uma iniciativa apoiada pela AudiçãoActiva, um movimento de sensibilização para a importância da audição e consciencialização das consequências nefastas da perda auditiva.

Um minuto de silêncio

Porquê o silêncio?


O dinamizador da iniciativa, D. Cardoso, destaca que “O silêncio é simultaneamente a antítese e a proposta de valor: como o ato de não ouvir, permanecer em silêncio, a escutar, pode simbolizar e valorizar a audição, o ato de ouvir e a acuidade auditiva. “

O silêncio é também uma forma de alertar para a problemática do excesso de ruído e das suas consequências. Há cada vez mais pessoas a perder ou a reduzir a audição devido à exposição ao ruído.

Vivemos atualmente numa sociedade de barulho, expostos ao ruído. Não pense que esta é uma realidade exclusiva dos grandes centros urbanos. No trabalho, nas escolas, nas atividades diárias, em casa e durante o lazer, estamos muitas vezes expostos a níveis prejudiciais de ruído.

O ruído ambiente foi reconhecido pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e pela União Europeia (UE) como uma questão de saúde pública.

Isto porque, o ruído não só provoca danos ao nível da audição, como pode perturbar o sono, dar origem a dores de cabeça, causar efeitos adversos cardiovasculares e psicofisiológicos, reduzir o desempenho e provocar alterações comportamentais e sociais.