QUESTÕES FREQUENTES

Aqui poderá encontrar a resposta a diversas questões relacionadas com a sua audição.

Se tem dificuldades em ouvir e quer ajuda para compreender melhor a perda auditiva e as soluções disponíveis, por favor, entre em contato marcando o número 808 913 205 ou através do formulário de contacto

Veja a nossa lista de perguntas mais frequentes, se não encontrar resposta para a sua pergunta, por favor sinta-se à vontade em contactar-nos.

Saúde auditiva e problemas de audição

Como descobrir se tenho perda auditiva?

A perda auditiva pode acontecer em qualquer idade, sendo que a maioria das pessoas vai perdendo a audição gradualmente. Em pessoas com mais de 60 anos, cerca de metade tem problemas auditivos ou já sofre de algum grau de perda auditiva.

No entanto, a perda auditiva pode ocorrer em faixas etárias mais baixas. Há algumas perguntas que pode fazer a si próprio para descobrir se tem problemas auditivos que deve resolver:

  1. Peço constantemente às pessoas que repitam o que acabam de dizer?
  2. Tenho dificuldade em acompanhar conversas com mais de duas pessoas?
  3. Tenho dificuldade em ouvir o que está a ser dito, a não ser que esteja a olhar para o orador?
  4. Por vezes parece que as pessoas estão a balbuciar ou a arrastar as palavras?
  5. Tenho dificuldade de audição em locais movimentados, tais como restaurantes, centros comerciais ou salas de reunião?
  6. Prefiro o volume da TV ou do rádio mais alto do que os outros?
  7. Sinto os meus ouvidos a tinir ou um zumbido?

Se respondeu sim a algumas destas questões, provavelmente é boa ideia aproveitar e participar numa demonstração gratuita de aparelhos auditivos. Não se preocupe, é gratuito, realizado por um técnico certificado, e não dói.

Como é que um aparelho auditivo vai melhorar a minha qualidade de vida?

A audição é um dos sentidos mais importantes para o ser humano. É incrível a sensação de voltar a ouvir sons que há muito tempo não ouvia e de voltar a relacionar-se com a sua família e os seus grupos sociais, sem qualquer barreira de comunicação.

A qualidade da sua audição pode afectar seriamente a sua vida quotidiana. Se tem realmente uma perda auditiva, pode ser muito frustrante não ser capaz de ouvir as conversas ou interagir com amigos e membros da família.

Várias pesquisas têm demonstrado que, para pessoas com perda de audição e para os que lhe são mais próximos, os aparelhos auditivos têm desempenhado um papel significativo no seu bem-estar social, emocional, psicológico e físico. Mais especificamente, o uso de um aparelho auditivo para colmatar a perda auditiva revelou ser capaz de melhorar:

  • A comunicação no relacionamento;
  • A intimidade e o afecto nas relações familiares;
  • Facilidade na comunicação;
  • Sensação de controlo sobre a sua vida;
  • Participação social;
  • Percepção do funcionamento mental;
  • Estabilidade emocional.

Quais são as causas mais comuns para a perda auditiva?

A perda auditiva pode ser causada por uma série de factores comuns, incluindo o excesso de ruído, infecções, envelhecimento ou genética. Por vezes a perda de audição é congénita (se ocorreu antes do nascimento).

Outras causas são reacções a medicamentos ou tratamentos contra o cancro.

Nos  adultos a perda auditiva (perda auditiva adquirida), pode ser a consequência de vários factores:

  • A causa mais comum para a perda de audição é o processo de envelhecimento natural.
  • Alguns tipos de doenças como a meningite, síndrome de Ménière ou tumores benignos no nervo auditivo podem causar perda auditiva.
  • A exposição prolongada a barulhos altos pode causar uma perda auditiva permanente.
  • Infecções auditivas como otite média, caracterizada pela acumulação de fluidos no ouvido interno, pode provocar perda auditiva, alergias, constipações, inflamação da garganta, amígdalas ou adenóides.
  • A perfuração do tímpano que pode ser provocada por uma alteração súbita da pressão de ar (ocorre num avião ou ao fazer mergulho), objectos estranhos (ex: um cotonete para limpar os ouvidos), ou pressão causada por uma infecção do ouvido médio.
  • Alguns medicamentos, incluindo antibióticos, podem danificar células no ouvido interno. Alguns exemplos incluem quinino, aminoglicosidos, diuréticos, doses excessivas de aspirina e alguns agentes da quimioterapia.
  • Uma acumulação de cera (cerúmen) no canal auditivo pode resultar num impedimento da passagem do som, diminuindo a capacidade auditiva.

Tenho um problema auditivo, o que devo fazer?

A sua audição é muito importante. Se suspeita que tem perda auditiva, o nosso melhor conselho é que não a ignore pensando que vai desaparecer.

A primeira coisa a fazer é determinar se realmente tem uma perda auditiva ou não. Por vezes, pode dever-se a uma acumulação de cera, que pode ser facilmente corrigida. No entanto, para saber se tem mesmo um problema auditivo, será necessária uma avaliação auditiva com a ajuda de um especialista qualificado em auxílio auditivo, que irá levar a cabo uma ampla gama de testes, a fim de garantir resultados precisos.

Se os seus resultados revelarem alguma perda auditiva, deve então começar a procurar as soluções que melhor se adaptam às suas necessidades individuais e grau de perda auditiva. Quanto mais cedo tomar uma decisão, melhor.

Aparelhos Auditivos

Quais são os diferentes tipos e modelos de aparelhos auditivos?

Os aparelhos auditivos mudaram muito nos últimos anos. Tanto na aparência (são muito mais pequenos) como nas funções que permitem realizar (vários comandos para dar um maior controlo ao utilizador).

Um aparelho auditivo é um equipamento electrónico amplificador que torna os sons audíveis para as pessoas que sofrem de perda auditiva.

Os aparelhos auditivos digitais existem numa grande variedade de tamanhos e estilos, para assegurar que as diferentes necessidades de cada pessoa são supridas.

Alguns aparelhos auditivos colocam-se atrás do ouvido e outros são completamente invisíveis dentro do ouvido. Todos os aparelhos apresentam diferentes níveis de tecnologia, para atender às suas necessidades específicas e ao seu orçamento.

Consulte aqui os diferentes tipos de aparelhos auditivos.

Qual o aparelho auditivo adequado para mim?

Há vários factores  que irão determinar qual o aparelho auditivo mais adequado para si. Estes factores incluem a natureza e a gravidade da sua perda auditiva, o seu estilo de vida e até mesmo os seus passatempos.

O seu trabalho poderá ser também um factor importante. A sua acuidade visual e destreza, bem como o tamanho e a forma do seu ouvido externo e canal do ouvido interno, são outros factores importantes.

Ao fazer uma demonstração gratuita de aparelhos auditivos, o especialista da AudiçãoActiva será capaz de lhe proporcionar a experimentação de vários modelos e prestar aconselhamento sobre as melhores opções para responder às suas necessidades individuais.

Será que preciso de um aparelho auditivo para ambos os ouvidos?

Há vários fatores que irão determinar qual o aparelho auditivo mais adequado para si. Estes fatores incluem a natureza e a gravidade da sua perda auditiva, o seu estilo de vida e até mesmo os seus passatempos.

O seu trabalho poderá ser também um fator importante, bem como a sua acuidade visual e destreza, bem como o tamanho e a forma do seu ouvido externo e canal do ouvido interno.

Ao fazer uma demonstração gratuita de aparelhos auditivos, o especialista da AudiçãoActiva será capaz de lhe proporcionar a experimentação de vários modelos e prestar aconselhamento sobre as melhores opções para responder às suas necessidades individuais.

Será que um aparelho auditivo pode restaurar a minha audição?

Embora nenhum aparelho auditivo possa restaurar a sua audição para níveis normais (excepto em casos de perda auditiva muito leve), os aparelhos auditivos digitais são projectados para que você consiga ouvir sons suaves que não conseguia ouvir antes, e para evitar que outros sons se tornem desconfortavelmente altos para si.

Os aparelhos auditivos digitais são também projectados para melhorarem a sua capacidade de entendimento do discurso, mesmo em ambientes ruidosos.

Aquisição e manutenção do aparelho auditivo

Há alguma garantia para os aparelhos auditivos?

A resposta simples é sim, existe uma garantia padrão de 2 anos para os aparelhos auditivos contra defeitos de fabrico.

Esta garantia não cobre os aparelhos auditivos que tenham sido modificados ou sofrido danos físicos.

Nas primeiras semanas de uso poderá ser necessário reavaliar o cliente novamente, para realizar uma reabilitação e ajuste correcto da programação. Neste ponto, podemos sempre mudar qualquer pequeno problema que possa ter ocorrido durante esse tempo, sem qualquer custo adicional.

Oferecemos  também manutenção vitalícia para cada aparelho auditivo.

Onde posso comprar um aparelho auditivo?

Antes de comprar um aparelho auditivo é importante saber se realmente vai precisar de um e quais os benefícios que vai sentir. Para isso sugerimos que peça uma das nossas demonstrações gratuitas de aparelhos auditivos.

O especialista da AudiçãoActiva irá começar por falar consigo sobre os diferentes modelos existentes e quais as vantagens de cada um enquanto faz as preparações e programações necessárias para que os possa testar nesse mesmo momento.

Se sentir melhorias com alguns dos aparelhos auditivos que experimentar, o especialista da AudiçãoActiva dará uma opinião sobre as opções que mais se adequam ao seu caso, levando em conta o grau de perda auditiva, o seu estilo de actividade fisica e social, a destreza manual, etc.

A AudiçãoActiva tem à sua disposição várias lojas especializadas em aparelhos auditivos, para o ajudar a experimentar os vários modelos e diferentes tecnologias para que possa fazer uma boa escolha.

Consulte aqui as lojas da AudiçãoActiva

Quanto tempo duram os aparelhos auditivos?

Os aparelhos auditivos, quando bem cuidados, e recebendo manutenção e limpeza regular, em regra geral podem durar de 5 a 7 anos.

Os aparelhos auditivos que são colocado no ouvido (ITE), no canal auditivo (ITC) e completamente dentro do canal auditivo (CIC) são inseridos no molde do ouvido e, por esta razão, têm tendência a precisar de manutenções mais frequentes do que os aparelhos colocados atrás do ouvido (BTE).

A manutenção mais comum de que um aparelho auditivo necessita é a limpeza da sujidade que bloqueia os microfones e os auscultadores. Resumindo, a durabilidade do seu aparelho auditivo depende do modo como o trata e de manutenção regular.

O especialista de aparelhos auditivos da AudiçãoActiva vai dar-lhe informação sobre as melhores práticas para manter o seu aparelho auditivo limpo e seco, bem como explicar-lhe como mudar as pilhas.