.

Agendar

Telefone

Menu

Eco no ouvido: o que é e possíveis causas?

eco nos ouvidos

Ouve os sons como se estivesse num túnel? Ou sente uma pressão desconfortável nos ouvidos?

O eco no ouvido pode ser um indicador de diversas causas. Neste artigo, desvendamos alguns dos mistérios por trás dessa condição.

O que é o eco no ouvido?

O eco no ouvido, também conhecido como plenitude auricular, é uma sensação de entupimento ou pressão no ouvido, que pode ser acompanhada por outros sinais como zumbido, apitos ou sons abafados.

Esta condição pode afetar pessoas de todas as idades, com ou sem dificuldades auditivas, e pode ser causada por diversos fatores.

Possíveis causas

Para entender melhor como lidar com o eco no ouvido, é importante conhecer as causas mais comuns:

Acumulação de cera no ouvido: a cera de ouvido é uma substância natural que protege o canal auditivo, mas quando esta se acumula em excesso, pode obstruir o canal, impedindo a passagem das ondas sonoras de forma eficiente;

Água ou outro fluído no ouvido: se a água ficar retida no canal auditivo, após nadar ou tomar banho, pode causar a sensação de entupimento e eco no ouvido. Esta situação geralmente resolve-se sozinha, mas, em alguns casos, pode ser necessário realizar alguma ação. Saiba mais sobre isso neste artigo;

Uso inadequado de tampão de ouvido: por exemplo, ao colocá-lo profundamente, e de forma errada, no canal auditivo;

Presbiacusia: dificuldade auditiva relacionada ao envelhecimento.

acumulação de cera no ouvido
É comum que a cera acumulada em excesso cause eco no ouvido

Eco no ouvido e os aparelhos auditivos

Por vezes, os utilizadores de aparelhos auditivos podem apresentar eco nos ouvidos. Essa sensação desagradável  pode surgir por diversos motivos: 

  • Amplificação sonora exagerada: um ajuste incorreto pode fazer com que o aparelho auditivo amplifique os sons de forma inadequada, criando um efeito de eco;
  • Feedback acústico: o feedback acústico ocorre quando o som amplificado pelo aparelho auditivo sai do ouvido e é captado novamente pelos microfones, criando um ciclo de eco;
  • Microfones, domos ou filtros obstruídos: a cera de ouvido e outras sujidades podem-se acumular nos componentes do aparelho auditivo, como microfones, domos ou filtros, obstruindo o canal auditivo e causando eco;
  • Desgaste dos componentes: o uso contínuo do aparelho auditivo pode levar ao desgaste dos componentes, como os domos, o que pode contribuir para que episódios de eco surjam.
Especialista a ajustar aparelho auditivo
Por vezes, pode ser necessário realizar um ajuste no aparelho auditivo

Como lidar com o eco nos ouvidos

O eco no ouvido pode ser uma experiência frustrante e desconfortável. A boa notícia é que existem diversas maneiras de lidar com essa situação, algumas delas bastante simples:

  • Remoção de cera no ouvido: utilize métodos seguros para remover a cera em casa ou procure ajuda profissional;
  • Proteja os seus ouvidos: evite a exposição a sons altos, que podem danificar as células ciliadas do ouvido interno e agravar o eco;
  • Ajuste de aparelhos auditivos: consulte um especialista para ajustar o aparelho auditivo;
  • Manutenção regular: realize a manutenção regular do aparelho auditivo para garantir que este funciona sempre de forma adequada.

Como prevenir?

Existem diversas medidas que podem ser realizadas de forma a prevenir o eco no ouvido, entre as quais:

  • Limpar os ouvidos regularmente: utilize métodos seguros para limpar os seus ouvidos e evitar o acúmulo de cera;
  • Evite cotonetes: cotonetes podem empurrar a cera para dentro do canal auditivo e ter consequências negativas para a sua audição;
  • Proteger os ouvidos de ruídos altos: por isso, é muito importante que utilize protetores auriculares em ambientes ruidosos.

Neste artigo, abordamos a importância dos cuidados com a audição e as práticas podem ajudar a prevenir possíveis consequências negativas no futuro.

Conclusão

O eco no ouvido, embora muitas vezes desconfortável, não costuma ser motivo de grande preocupação.

Esta condição pode surgir por diversas razões, como a acumulação de cera, presença de água no ouvido ou até mesmo presbiacusia.

Se utiliza um aparelho auditivo, poderá ser necessário realizar algum ajuste por parte de um especialista.

A consciência acerca das possíveis causas e a implementação de medidas preventivas é crucial para evitar que esta condição se manifeste. 

Cuidar dos ouvidos é essencial para garantir uma boa qualidade de vida e aproveitar ao máximo os sons do mundo.

Ad-Descubra-Preço

Saiba quanto poderá custar o dispositivo que procura sem sair de casa

"*" indica campos obrigatórios

* Campos de preenchimento obrigatório

Tem dúvidas sobre aparelhos auditivos?

Fale com um Especialista da AudiçãoActiva:

Fale connosco
Sem compromisso

"*" indica campos obrigatórios

* Campos de preenchimento obrigatório

Siga-nos

Também lhe pode interessar

Terapia sonora: o que é e como pode ajudar?

Comprar aparelhos auditivos usados: prós e contras

Eco no ouvido: o que é e possíveis causas?

Nota informativa: Na AudiçãoActiva1 queremos que se mantenha sempre a par das principais novidades e este blog é o mais recente meio de partilha. Aqui serão partilhadas as mais diversas informações. Fique atento e mantenha-se informado! (1)AudiçãoActiva é uma empresa especializada na área da venda e programação de aparelhos auditivos. AudiçãoActiva não é prestadora de serviços de saúde. Os conteúdos dos artigos disponibilizados nesta página são meramente informativos e as suas fontes encontram-se devidamente referenciadas e confirmadas.